African Journal of
Business Management

  • Abbreviation: Afr. J. Bus. Manage.
  • Language: English
  • ISSN: 1993-8233
  • DOI: 10.5897/AJBM
  • Start Year: 2007
  • Published Articles: 4137

Full Length Research Paper

Motivational factors of formation, cooperate actions and gains obtained from the cooperation networks of building material retail in Parana: A comparative between the associated managers’ and retailers’ perceptions

Sandro Deretti
  • Sandro Deretti
  • Universidade Estadual do Paraná ? Campus Paranaguá, Brazil.
  • Google Scholar
Loise Schwarzbach
  • Loise Schwarzbach
  • Universidade Federal do Paraná, Brazil.
  • Google Scholar
Luciano Dalazen
  • Luciano Dalazen
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brazil.
  • Google Scholar
Anderson Catapan
  • Anderson Catapan
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Brazil.
  • Google Scholar
Claudimar Pereira da Veiga
  • Claudimar Pereira da Veiga
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brazil.
  • Google Scholar


  •  Received: 09 November 2014
  •  Accepted: 19 January 2015
  •  Published: 28 January 2015

References

ANAMACO (2012). Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção. Available in http://www.anamaco.com.br/dadosSetor. Accessed in December 18th, 2013.

 

Balestrin A, Verschoore JR (2008). Redes de cooperação empresarial: estratégias de gestão na nova economia. Bookman, Porto Alegre.

 

Balestro MV (2004). Características estruturais e mecanismos de governança em redes de cooperação: apontamentos conceituais. In: Verschoore, J. R. S. (Org.). Redes de cooperação: uma nova organização de pequenas e médias empresas no Rio Grande do Sul. FEE, Porto Alegre, pp.49-67.

 

Bengtsson M, Kock S (1999). Cooperation and competition in relationships between competitors in business networks. J.Bus.Industrial Market.14 (3): 178-194.
Crossref

 

Bortolaso IV, Verschoore JR, Antunes Jr JA (2013). Práticas de gestão de redes de cooperação horizontais: proposição de um modelo de análise. Contabilidade, gestão e governança16(3):3-16.

 

Casarotto Filho N, Pires LH (2001). Redes de pequenas e médias empresas e desenvolvimento local: estratégias para a conquista da competitividade global com base na experiência italiana. 2. ed. Atlas, São Paulo.

 

Castro M, Bulgacov S, Hoffmann VE (2011). Relacionamentos interorganizacionais e resultados: estudo em uma rede de cooperação horizontal da região central do Paraná. RAC-Revista de Administração Contemporânea 15(1):25-46.

 

Castells M (2007). A Sociedade em rede. A era da informação: economia, sociedade e cultura, vol. 1. Paz e Terra, São Paulo.

 

Gil AC (1999). Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed, Atlas, São Paulo.

 

Godoy AS (1995). A Pesquisa Qualitativa e sua Utilização em Administração de Empresas. RAE-Revista de Administração de Empresas 35(4):65-71.
Crossref

 

IBGE (2008). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

View

 

IBOPE (2012). O varejo de materiais de construção no Brasil. Available in:http://www.ibope.com.br/calandraWeb/servlet/CalandraRedirect?temp=5&proj=PortalIBOPE&pub=T&db=caldb&comp=Noticias&docid=8C028713B57298F2832578BC00690A9C. Accessed in September 15, 2013.

 

Las Casas AL (2010). Marketing de varejo. 4ª. ed. Atlas, São Paulo.

 

Livato M, Benedicto GC (2010). Redes de cooperação no varejo: um estudo teórico-empírico em centrais de negócios supermercadistas no estado de São Paulo. Base-Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos 7(3):221-232.
Crossref

 

Malafaia GC, Maciel AC, Camargo ME (2006). Atitudes de coordenação de produtores rurais na cadeia da carne bovina: o caso do Cite 120. In: Encontro Nacional de Pós-graduação em Administração – ENANPAD, September 2006.

 

Martignago G, Alperstedt GD, Fiates GS (2005). Mudanças estratégicas no varejo de materiais de construção. In: Encontro Nacional de Pós-graduação em Administração – ENANPAD, Setember2005.

 

Merriam SB (2009).Qualitative Research: a guide to design and implementation. JosseyBass, San Francisco.

 

Olave ML, Amato Neto J (2001). Redes de cooperação produtiva: uma estratégia de competitividade e sobrevivência para pequenas e médias empresas. Gestão, Produção 8(3):289-303.
Crossref

 

Oliver A, Ebers M (1998). Networking network studies: analysis of conceptual configurations in the study of inter-organizational relationships. Organ. Stud. 19(4):459-583.
Crossref

 

Pereira RCF (2004). Marketing em redes de cooperação: um estudo de caso na Redemac. In: Verschoore, JRS (Org.) Redes de cooperação: uma nova organização de pequenas e médias empresas no Rio Grande do Sul. FEE, Porto Alegre pp.17-29.

 

Provan K, Kenis P (2007). Modes of network governance: Structure, management and effectiveness. J. Pub. Adm. Res. Theory 18:229-252.
Crossref

 

Richardson RJ (1999). Pesquisa social: métodos e técnicas. Atlas, São Paulo.

 

Vieira VA, Kato HT, Brito EPZ, Espartel LB (2012). Congresso Latino Americano de Varejo: retrospectiva de cinco anos. RAE-Revista de Administração de Empresas 52(6):590-594.
Crossref

 

Wegner D, Padula AD (2010). Governance and management of horizontal business networks: an analysis of retail networks in Germany. Int. J. Bus. Manag. 5(12):74-88
Crossref

 

Wright P, Kroll M, Parnell J (2000). Administração estratégica: conceitos. Atlas, São Paulo.

 

Yin, RK (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos. Bookman, Porto Alegre.

 

Zeng SX, Xie XM, Tam CM (2010). Relationship between cooperation networks and innovation performance of SMEs. Technovation 30(1):181-194.
Crossref