International Journal of
Biotechnology and Molecular Biology Research

  • Abbreviation: Int. J. Biotechnol. Mol. Biol. Res.
  • Language: English
  • ISSN: 2141-2154
  • DOI: 10.5897/IJBMBR
  • Start Year: 2010
  • Published Articles: 98

Full Length Research Paper

Evaluation of two Portuguese strains of Botryococcus braunii as biofuel feedstock

Joao Tavares
  • Joao Tavares
  • Departamento de Biologia Vegetal, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, 1749-016 Lisboa, Portugal.
  • Google Scholar
Tiago Pardal
  • Tiago Pardal
  • Omnidea, Lda.Trav. António Gedeão 9, 3510-017 Viseu, Portugal.
  • Google Scholar
Ricardo Melo
  • Ricardo Melo
  • Departamento de Biologia Vegetal, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, 1749-016 Lisboa, Portugal.
  • Google Scholar


  •  Received: 04 April 2017
  •  Accepted: 05 September 2017
  •  Published: 30 September 2017

Abstract in Portuguese

Duas diferentes estirpes portuguesas da microalga Botryococcus bruanii Kutz, ACOI 58 e ACOI 1257, obtidas da Algoteca de Coimbra (ACOI), foram avaliadas quanto ao potencial para produção de biocombustíveis através da sua cultura em fotobiorreactores em condições controladas (indoors) e não controladas (outdoors) usando águas residuais pré-tratadas e meios de cultura semissintéticos. A máxima taxa específica de crescimento obtida foi de 0,4 dia-1, sendo os tempos de duplicação de 2 a 7 dias na fase de maior crescimento. Ambas as estirpes conseguiram absorver nutrientes nas culturas em águas residuais, cresceram e acumularam óleo. A extração lipídica máxima, com base na biomassa seca, foi de 36% no meio CHU e 29% nas culturas em águas residuais, o que indica potencial de aplicação destes isolados de B. braunii na produção de biocombustíveis. Este facto é também apoiado pela predominância dos ácidos oleico (C18:1, 42 to 63%) e palmítico (C16:0, 8 to 18%) no extrato lipídico, uma vez que, os metil-ésteres desses ácidos gordos são considerados ideais para a produção de biodiesel. Em suma, embora estas estirpes de B. braunii tenham apresentado o crescimento típico para esta espécie, elas produziram um considerável conteúdo lipídico e apresentaram habilidade para crescerem em águas residuais e em condições não controladas, o que justifica a necessidade de mais investimento no seu estudo.